Crenças (I)Limitadas

 em Comunicação

Será que você tem se escondido atrás dos seus próprios medos e inseguranças?
Aqueles que você encontra bem no fundo da sua alma?
Pânico de falar em público.
Insegurança ao defender uma ideia.
Medo do julgamento dos outros. 

Talvez suas crenças limitantes estejam paralisando você.
E o que são essas tais crenças que limitam?

Crenças são responsáveis por nortearem os seus passos. Essas ideias fazem parte da sua verdade. E você age de acordo com o que acredita, viu, ouviu, aprendeu.

Já as crenças limitantes aprisionam você. Limitam sua forma de pensar e a agir de acordo com seus reais valores pessoais.

Se você, por exemplo, acredita que jamais poderá ser rico ou ter sucesso, então você provavelmente tem uma crença que o limita a enxergar mudanças e soluções para seu próprio progresso.

Para mudar seus pensamentos que limitam, a primeira orientação é tomar consciência do problema.
Muitas vezes as crenças limitantes não são tão claras e eles acabam, de certa forma, sendo as reponsáveis pela sua falta de sucesso e progresso.

O segundo passo é transformar a forma de pensar. Vencer barreiras internas de pensamentos. Quebrar padrões, barreiras e muros construídos dentro de você.

E, por fim, você deve colocar em prática e exercitar os novos conceitos e ideias.
Pode parecer simples, mas não é.
Por isso, é importante ser persistente e ter foco no seu objetivo principal.
E esse processo de transformação, em sua mais pura essência, está relacionado ao trabalho de Comunicação.
Afinal, a Comunicação está inserida em todos os contextos das nossas vidas.
Será que suas crenças limitantes estão impedindo você de se Comunicar de forma eficaz no trabalho e na sua vida pessoal?

Como você tem se comunicado em seu trabalho e na vida pessoal?
O tem feito para atrair mais clientes e vendas?
Quais estratégias novas tem utilizado para que sua agenda volte a ficar cheia?
Como costuma resolver problemas nos relacionamentos entre as pessoas?

Mude suas crenças e (i)limite-se!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Entre em contato!